Plano de saúde para autônomos

Plano de saúde para autônomos

Trabalhadores por conta própria podem encontrar dificuldades na procura por um plano de saúde para autônomos. Leia nosso artigo e conheça o tipo de plano que você pode contratar.

Desde 2014 até o fim de 2019, os trabalhadores autônomos têm crescido em número em quase todos os estados brasileiros. Se você faz parte dessa significativa parcela da população e deseja a contração de um plano de saúde, acompanhe esse artigo. 

Vamos abordar as principais informações sobre um plano de saúde específico que se mostra como uma oportunidade para o profissional autônomo.

Plano de saúde para autônomos: informe-se a respeito do plano coletivo por adesão

O autônomo é o trabalhador que não possui vínculos empregatícios e controla sozinho os serviços que presta. Dessa forma, o plano de saúde coletivo empresarial não é uma opção. 

Porém, os trabalhadores autônomos podem recorrer a outra variação de plano de saúde coletivo. Trata-se do plano por adesão. 

O que diferencia o plano de saúde coletivo por adesão dos demais planos?

Esse tipo de plano, também referido como plano de saúde para autônomos, tem como diferencial o envolvimento de um sindicato, associação de profissionais, entidade de caráter setorial ou de classe.

Tais organizações recorrem a operadoras, como a Amil, SulAmérica, Unimed e Bradesco Saúde, que comercializam planos por adesão e contratam planos para oferecer aos seus participantes.

Mas, geralmente, quem faz a gestão do plano é uma administradora de benefícios que deve estar registrada na ANS (Agência Nacional de Saúde Complementar). As entidades solicitam os serviços da administradora e ela assume as responsabilidades relativas ao plano, como o diálogo com a operadora de saúde.

Cobertura e valores

Esse tipo de plano tende a ofertar as mesmas opções de cobertura presentes em um plano individual. Assim, planos hospitalares (com ou sem obstetrícia) e ambulatorial estão disponíveis.

Embora a cobertura seja semelhante, o plano de saúde para autônomos é conhecido por ter um preço mais acessível em relação aos outros tipos.

O fator que influencia no preço é a quantidade de clientes. Os planos individuais e familiares envolvem poucos beneficiários, enquanto os coletivos por adesão contam com um número muito expressivo de vidas.

Devido a quantidade superior de beneficiários, os sindicatos e as outras entidades que representam profissões conseguem negociar valores menores.

Também há planos por adesão com coparticipação. Modalidade na qual o beneficiário paga um valor determinado quando utiliza serviços de seu plano, porém tem acesso a mensalidades com preços mais baratos.

Qual critério o autônomo deve cumprir para aderir?

Recomendados que seja estabelecida comunicação com o sindicato, entidade de classe, etc. com o qual você está vinculado ou pretende se vincular. Pergunte se entre os benefícios oferecidos aos membros está o plano coletivo por adesão.

Ao solicitar adesão do plano de saúde para autônomos, será preciso que você comprove seu vínculo com um dos tipos de entidades que citamos acima. Esse é o critério essencial e, como visto, o que define este plano. 

A documentação a ser apresentada para comprovação varia a depender da entidade.

Esperamos que esse artigo tenha sido útil para ampliar seus conhecimentos sobre como obter um plano de saúde para autônomos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *